Vereador de Lindolfo chama colega de “fofoqueiro” e ânimos ficam exaltados

Alcírio e Arno trocaram farpas na sessão desta semana (Créditos: Ana Veiga)

Lindolfo Collor – Os vereadores Arno Müller (MDB) e Alcírio Wiedthauger (PP) trocaram farpas nesta semana. O motivo foi uma ‘fofoca’ que Alcírio teria feito com o dono de um novo empreendimento no município.

Ao usar a tribuna, Arno não citou nomes, mas disse que um vereador teria falado ao proprietário que ele era contra o empreendimento. “Quero deixar claro que eu não sou contra, sei que vai gerar empregos. Mas sei que vereador fez fofoquinha no dia da inauguração. Tem esses ‘cara de pau’ que fazem fofoca e parece que não escutam. Jamais disse que era contra. Só queria saber se essas pedras que foram usadas eram daquelas pessoas que foram contratadas para fazer os bloquetos do Cidade Nova”, disse.

Em resposta, Alcírio disse que Arno é contra uma indústria que se instalou em Lindolfo. “Nem vou questionar sua fala. Tu prefere ir contra uma indústria e a lei exige que precisa ter pavimento. Eu sei que tu queria direcionar isso pra mim. Te corrige nisso”, disse.

“SERVIU O CHAPÉU”

Arno lembrou que não havia citado nomes. “Se ele mesmo se institui fofoqueiro, intrigueiro e fuxiqueiro, se o chapéu serviu, então não posso fazer nada. Nunca citei o nome dele. E se nós for olhar por causa dos empregos, então amanhã a prefeitura tem que correr e fazer o calçamento do bairro Industrial. Quantos empregos tem lá? Quantas pessoas estão caminhando no barro?”, disse Arno.

Por fim, o presidente Márcio Cardoso (MDB) pediu que os vereadores parem de se xingar.

Leia também: 

Ex-prefeito de Lindolfo Collor adapta slogan de Bolsonaro

Toco também ligou para um amigo e confessou ter matado a namorada