Inter sofre sem Rodrigo Dourado e dependência ameaça rendimento do time

Rodrigo Dourado não jogou e o Internacional voltou a perder. Nesta segunda-feira (17), o Colorado foi superado pela Chapecoense por 2 a 1 em Santa Catarina, e novamente os reflexos da dependência do volante foram vistos em campo.

O marcador de 24 anos não conhece uma derrota desde o início de maio. Esteve em campo em duas das quatro vezes que o time gaúcho caiu. E nas duas últimas, que interromperam longas séries de invencibilidade, foi ausência sentida.

O Inter ficou 10 jogos sem perder, em nove deles Dourado esteve em campo. Não jogou contra o São Paulo, substituído por Charles. No 10º duelo, quando quando novamente não pôde estar em campo, o time vermelho sentiu muito sua ausência.

Mas os números mostram quanto é difícil para o time jogar sem Dourado. Dos 25 jogos do Brasileiro, ele não esteve em campo apenas em três. Duas derrotas e um empate do Inter. Jamais vitória.

Para a partida contra o Corinthians, o retorno de Dourado não é garantido. Ainda lesionado, o jogador será avaliado diariamente a partir desta terça para saber se terá ou não condições de jogo.