Grêmio antecipa salários do elenco para aumentar “desejo de vencer”

O Grêmio antecipou o pagamento de salários do grupo de jogadores antes de encarar o Tucumán-ARG, pelas quartas de final da Libertadores. A revelação foi feita pelo presidente Romildo Bolzan Jr., em reunião do Conselho Deliberativo do clube gaúcho. A ideia é fazer com que a quitação antes do previsto sirva de motivação ao elenco.

Tucumán-ARG e Grêmio se enfrentam na próxima terça-feira (18), na Argentina. O jogo da volta está marcado para 2 de outubro, em Porto Alegre.

“Foi para criar um clima de confiança, desejo de vencer e organização”, disse Bolzan Jr. em sessão solene no Conselho Deliberativo por conta do aniversário do Grêmio.

O Grêmio divide o pagamento aos jogadores em duas parcelas, salário na carteira de trabalho e direito de imagem. Habitualmente, o clube faz um intervalo entre os depósitos. Neste mês, contudo, a quitação foi na mesma data.

A medida foi adotada semanas depois de o Grêmio anunciar superávit de R$ 3,5 milhões no primeiro semestre. O resultado é reflexo, também, da venda de Arthur ao Barcelona. O clube catalão pagou cerca de 32 milhões de euros pelo pelo volante. Boa parte dos recursos foi usada para quitar dívidas bancárias e manter o plano de desoneração das contas.