Financiamento para a pavimentação de ruas divide opiniões na Câmara de Morro Reuter

Ruas contempladas pela pavimentação seriam a Planalto e a Belvedere.

Morro Reuter – A Prefeitura enviou para a Câmara um projeto que autoriza a contratação um empréstimo de R$ 2.747.036, 74 junto à Caixa para pavimentar as ruas Planalto e Belvedere. Esse valor seria pago em 20 anos, mas os vereadores estão divididos quanto a aprovar ou não. Galo Fino disse que é favorável. “Acho que nada mais justo do que os vereadores pensarem bem e votarem a favor deste projeto. Acho que é de suma importância para essas duas ruas, que em 26 anos nunca foram lembradas”. Ta Loko seguiu a mesma linha: “Eu também estou a favor do projeto desse asfalto, mas isso depende da maioria dos vereadores”.

Ternus pediu mais tempo. “Não posso aprovar na noite de hoje um projeto que entrou na casa na sexta-feira, onde a gente não tinha estudo de impacto financeiro. Um projeto que envolve milhões e compromete a receita do município durante 20 anos. Se acharmos que deve ser aprovado, vamos aprovar”. Guido Dilkin seguiu a mesma linha. “A primeira coisa que tem que ter é qual a porcentagem que os moradores vão pagar. Quais moradores vão concordar em pagar? Não sou contra o calçamento, mas tem que ser estudado. Não podemos entrar numa arapuca”.

 Daniel quer estudar

Daniel Theisen, considerou muito cedo para tomar uma decisão. “Não estou questionando a necessidade da pavimentação das ruas. Acho que precisa ser feito. Mas precisamos estudar esses casos. O projeto entrou na sexta-feira. O estudo de impacto foi apresentado hoje à tarde. (…) “Se for provado por A mais B, que o município tem condições de pagar, de juros, R$ 1.572.963,26, eu aprovo. Não tem problema”.

Leia também:

Nova polêmica em Morro Reuter: financiamento para obras

Nova polêmica em Morro Reuter: financiamento para obras