Em coletiva de imprensa, TSE afirma que precisa de tempo para combate a Fake News

(Crédito: Divulgação)

País – A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, afirmou que levará todas as queixas a Corte sobre fake news e que o caso será tratado dentro de processos seguindo os prazos previstos em lei. Em sua fala, Rosa afirmou que a Justiça Eleitoral não combate boatos com boatos e que precisa de tempo para uma resposta responsável.

WhatsApp

Uma investigação foi aberta no TSE por ordem do ministro Jorge Mussi, após denúncias do Partido dos Trabalhadores (PT) com base na matéria da Folha de São Paulo que apurou que empresários apoiadores de Jair Bolsonaro, teriam pago por disparos de mensagens com notícias falsas sobre Fernando Haddad, no aplicativo.

O partido pedia busca e apreensão contra as pessoas apontadas na reportagem, o que foi negado por Mussi. Segundo ele, apenas a reportagem, não era suficiente para justificar a medida, mas cobrou explicações de empresários, além de Bolsonaro e do vice Mourão.

Por ora, o caso segue no tribunal, mas não deve ser concluído até a data da eleição para Presidente no dia 28.