“Ele era trabalhador, de bem com a vida e sempre disposto”, diz amigo e colega de garçom

Dois Irmãos/Estância Velha – A notícia da morte de Izaia de Oliveira, 38 anos, deixou a comunidade dois-irmonense enlutada. Ele era uma pessoa bastante conhecida no município. Trabalhava como montador de móveis e também atuava como garçom na empresa Serve Bem Eventos, na qual fazia parte da diretoria.

Vilson Jaco Lang lembra com carinho dos quase cinco anos de convivência, parceria e amizade com Izaia. “Conheci ele através do trabalho de garçom e, depois disso, nos tornamos grandes amigos. Na empresa, fazíamos parte da diretoria e, na segunda-feira passada, ainda tivemos uma reunião. Foi a última vez que o vi. É muito triste tudo que aconteceu. Ele era muito trabalhador, de bem com a vida e sempre disposto. Além do trabalho, sempre jogávamos vôlei e futebol pelo CPM da escola 10 de Setembro. Tenho as melhores lembranças dele”, disse o amigo e colega.

Izaia deixa enlutados a esposa Suzi Mara, o filho Gustavo, de 9 anos, demais familiares, amigos e colegas.

ACIDENTE – O acidente que vitimou Izaia aconteceu pouco antes das 16 horas de sábado e envolveu um Renault Clio com placas de São Leopoldo e a moto na qual ele estava de carona, com placa de Parobé, conduzida por Jackson Danrlei Klagenberg, de 21 anos. A colisão ocorreu no KM 232 da BR-116. Conforme o boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de São Leopoldo, os dois veículos seguiam no sentido interior/capital e o acidente ocorreu no momento em que o Clio, conduzido por Valdecir de Oliveira Silva, tentava fazer uma conversão à esquerda. Ambos buscavam desviar do congestionamento formado em razão de um acidente que tinha ocorrido instantes antes, mais a frente.