Conheça Hélio e Any, protagonistas de um casamento que dura mais de 65 anos

Hélio e Any ganharam placa comemorativa às bodas (Foto: Gian Cristiano Wagner)

Presidente Lucena – O domingo, 1º de julho, foi de festa na localidade de Linha Nova Baixa. O motivo: mais um aniversário de casamento de Hélio Walter Scheffler, 86 anos, com Any Wingert Scheffler, 84 anos. O casal completou no dia 27 de junho 65 anos de casado e, com mais de 100 pessoas, comemoraram a data em uma missa na igreja que o pai de Hélio ajudou a construir e na festa que ocorreu no local do casamento, em 1953. “Eu casei três vezes”, diz Hélio. “Com a mãe, com a vó e com a bisavó”, brinca falando das comemorações de aniversário de casamento que passou com a esposa Any.

Em dois dias, Nova Petrópolis será tomada pela contagiante música do Festival Internacional de Folclore

A história do casal começa no final da década de 1940. Hélio, construtor, próximo de completar 17 anos, foi ajudar a construir uma casa na localidade de Campestre. Lá, ele conta que viu uma jovem, que era vizinha do local onde Hélio trabalhava, sempre alegre e cantarolando quando ia pra roça. “Um dia eu fui atrás dela”, conta, dando risadas.

Casamento em 1953 (Foto: Arquivo pessoal)

Na época, Any estava para completar 16 anos. Os dois se conheceram, se apaixonaram e namoraram por quatro anos antes de finalmente casar. Hélio conta que não teve muitos problemas em pedir a mão de Any em casamento. “Um dia ele (o sogro) foi tratar os porcos e eu fui atrás e disse ‘eu quero noivar’, e ele deixou”, conta.

Casal está junto há quase 70 anos, contando o tempo de namoro (Foto: Gian Cristiano Wagner)

A matéria completa com a história do casal está na edição desta quarta-feira, 11, do Diário

Leia também:

Festival Internacional de Folclore ajuda a aumentar em 40% o número de hóspedes em Nova Petrópolis