Câmara de Lindolfo não vota IPTU e prefeito vai pedir sessão extraordinária

Prefeito Wiliam Winck concedeu entrevista à Rádio Ivoti (Créditos: Ana Veiga)

Lindolfo Collor – Os vereadores não votaram o projeto que autoriza o aumento do IPTU. Na sessão desta quarta-feira, dia 19, apenas foi escolhida a nova mesa diretora. Em 2018, não há sessão oficial programada.

Ao saber da não votação, o prefeito Wiliam Winck (PP) contou na Rádio Ivoti que vai fazer uma reunião com os funcionários e secretários municipais para decidir se pedirá uma sessão extraordinária para que os vereadores votem o projeto. Ontem, a Prefeitura esclareceu a proposta aos vereadores antes da sessão.

O projeto, feito pelo Executivo, prevê 33% de reajuste para o IPTU predial e 100% para o territorial. Winck defende a proposta, dizendo que o imposto não é aumentado desde 2005 e o reajuste vai permitir que o Lindolfo não fique mais defasado em relação à arrecadação, já que o município cobra a menor alíquota entre outros da região.

Leia também: 

Câmara de Lindolfo vota hoje aumento do IPTU e elege nova Mesa Diretora

Operário que morreu dentro de curtume em Lindolfo Collor é sepultado